Recrutamento e Seleção: o desafio!

Por muitas vezes comecei a escrever este artigo para falar exclusivamente do recrutamento e seleção de candidatos para diversas vagas e áreas. Por conta do tempo e também de sempre mudar várias informações, desisti! Confesso que é uma atitude nada admirável mas, hoje farei diferente e concluirei o artigo por inteiro! Inspiração no trabalho quase que diário na Marchi Soluções Empresariais.

Quando uma empresa nos contrata para fazer o recrutamento e seleção de novos colaboradores, ela espera receber “em mãos” o profissional perfeito. A peça que faltava para encaixar no seu quebra cabeças e fazer a empresa funcionar perfeitamente! Infelizmente, nem sempre é assim. Pode acontecer de a peça que foi colocada não se encaixar, não funcionar e recomeçar todo o processo mais uma vez.

Quando falamos em candidatos falamos em pessoas, as quais possuem suas características físicas e psicológicas que influenciam totalmente seu comportamento no dia a dia. Alguns desses comportamentos podem e devem ser filtrados no processo de seleção, no momento da escolha, mas alguns podem passar completamente despercebidos e serem identificados apenas após a contratação.

O ideal é você seguir alguns passos básicos nesse processo de seleção a fim de minimizar as chances de ocorrer uma situação parecida com a descrita acima. Vejam a seqüência a seguir:

  • Primeiramente, coloque num papel as funções que este novo colaborador irá desenvolver na empresa;

  • Após isso, coloque neste mesmo papel as características ou competências do profissional que irá exercer essas atividades (exemplos como liderança, habilidade interpessoal, excelente escrita, capacidade de análise, etc.);

  • Com a montagem deste mini guia, vamos para a seleção dos currículos. Procure analisar currículos que tragam o objetivo do candidato alinhado com a vaga ofertada, não gastando tanto tempo com objetivos genéricos e que querem fazer de tudo um pouco!;

  • É interessante analisar as informações que cada candidato coloca, como experiência profissional (e se não estiver, sondar na entrevista as funções exercidas em cada experiência, o que ela agregou e não agregou para o histórico profissional do candidato, etc.)

  • Faça anotações sobre as informações que conseguir colher no currículo e na entrevista com cada candidato de forma a padronizar as informações e facilitar o comparativo posteriormente;

  • Atualmente, é muito comum fazer o processo de seleção em pelo menos 2 fases. A primeira em grupo, com mais de 1 candidato onde podem ser aplicadas dinâmicas em grupo que facilitam a identificação dos comportamentos e confirmam ou desmintam as informações dos currículos. A segunda parte, de entrevistas individuais para sanar algumas dúvidas e até conhecer melhor o candidato quanto a comunicação já que ele pode não ser tão ativo na dinâmica em grupos.

  • Após essa escolha, se ainda tiver alguma dúvida quanto ao candidato ideal, descarte todos e inicie o processo novamente. Essa ação que geralmente não é feita acarreta na má contratação. Esse processo precisa ser claro e objetivo e se restam dúvidas, talvez o candidato selecionado não possui o perfil desejado pela empresa.

Contratar não é fácil. Por isso indico que sua empresa sempre conte com o apoio de um profissional especializado e capacitado para fazer todo o processo e garantir a escolha dos melhores profissionais para o seu negócio.

Nós, das Lucas Chiminazzo Consultoria podemos lhe ajudar nesse trabalho. Consulte-nos e entre em contato para mais informações.

Tenho certeza que com esses passos você poderá ter um resultado final melhor com a contratação de um candidato ideal para a sua necessidade.

$uce$$o e até a próxima!

#RecrutamentoeSeleção #Negócios #Marketing #Vendas #Rapport #Trabalho

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square